Nosso algoritmo de IA para detecção de doenças pulmonares é capaz de detectar até oito doenças distintas em seu estágio inicial utilizando imagens de raio-x.

Pneumotórax

Pneumotórax significa a presença ou acúmulo de ar na cavidade pleural, como conseqüência da solução de continuidade da integridade das pleuras. O espaço pleural, primariamente virtual, que se situa entre o pulmão e a parede torácica, mais precisamente entre os folhetos pleurais, visceral e parietal, se torna real devido à interposição gasosa. Esporadicamente pode haver a formação de gases no interior da cavidade pleural proveniente de fermentação pútrida, ocorrendo no curso de um empiema que, normalmente, é de pequena proporção.

Edema Pulmonar

Edema pulmonar é o acúmulo de líquido nos pulmões, impedindo o processo de oxigenação do sangue e, assim, podendo levar à morte. Pode ser agudo ou crônico, e também costuma ser chamado de água no pulmão. As causas do problema podem ou não estar relacionadas a problemas cardíacos.

Além de doenças cardíacas, outros problemas podem causar um edema pulmonar, como problemas nos rins, infecções, traumas, ingestão de alguns medicamentos, overdose de drogas, tabagismo, acidentes e mudanças bruscas de altitude entre outros.

Pneumonia

A pneumonia se caracteriza como sendo uma inflamação dos alvéolos pulmonares, com ou sem infecção. Vírus, fungos, protozoários e bactérias são capazes de provocá-la, sendo mais comuns as pneumonias causadas por pneumococos.

Afeta pessoas de todas as idades, desde que estejam com baixa imunidade: é por tal motivo que é comum ouvirmos casos de pessoas que desenvolveram a pneumonia a partir de uma gripe.

Esta doença pode se instalar quando há a inalação, ingestão de bactérias que se proliferaram na boca, ou condução de patógenos de outras infecções, via corrente sanguínea. No primeiro caso, gotículas de saliva e secreções contaminadas propiciam o contágio.

Tosse com secreção, dores torácicas, febre alta, calafrios, dores de ouvido e respiração curta e ofegante são alguns de seus sintomas. Em idosos, pode haver confusão mental. Não sendo tratada, acúmulo de líquidos nos pulmões e ulcerações nos brônquios podem surgir.

Espessamento Pleural

Os espessamentos pleurais circunscritos ou placas pleurais são as mais freqüentes manifestações de exposição ao asbesto e podem ocorrer após a inalação de qualquer dos tipos dessas fibras.

 

Manifestam-se como áreas focais de fibrose irregular, formadas por material hialino na camada submesotelial da pleura parietal, no nível das margens costais, diafragma e áreas para-vertebrais, surgindo primariamente na pleura parietal. Podem também estar localizadas na pleura diafragmática, pericárdica ou mediastinal. Geralmente, corpos ou fibras de asbesto não são encontrados nas placas pleurais.

 

O tempo de latência para seu aparecimento é em média de 30 anos, mas têm sido relatados casos mais rápidos, com tempo inferior a três anos, assim como superior a 50 anos.

Nódulo Pulmonar

O nódulo pulmonar solitário continua sendo um desafio para o radiologista e o pneumologista, tendo seu estudo adquirido novas características, com o desenvolvimento tecnológico que a radiologia apresentou nos últimos anos. Este desenvolvimento, contudo, não modificou o problema básico: o nódulo é benigno, não necessitando de abordagem específica, ou é indeterminado, com real possibilidade de tratar-se de uma lesão maligna?

Derrame Pleural

A pleura é uma membrana delicada que recobre o pulmão pelo lado de fora (pleura visceral) e a superfície interna da parede torácica (pleura parietal). Entre as duas pleuras, existe uma camada muito fina de líquido, que facilita o deslizamento suave dos pulmões dentro da caixa torácica quando eles se enchem e esvaziam de ar.

O derrame pleural, ou água na pleura, é caracterizado pelo acúmulo excessivo de líquido no espaço entre a pleura visceral e a pleura parietal.

Consolidação Pulmonar

Consolidação pulmonar é um sinal de doenças respiratórias caracterizada por substituição do ar alveolar por líquido prejudicial (como transudato, exsudato ou tecido conjuntivo), lesionando a área. Pode ser identificado como uma área opaca em um raio-x torácico ou em ultrassonografia. Obscurece os vasos e as paredes das vias aéreas. Pode estar presente broncograma aéreo.

Para saber mais sobre nosso modelo de IA para detecção de doenças pulmonares fique a vontade para entrar em contato. Ficaremos felizes em poder conversar.